Blog Espada Arco e Machado comemora um ano! Vejam entrevista com os autores e uma surpresa que estamos planejando…

Pois é, pessoal. O blog comemora 1 ano de existência. De lá pra cá, o que me dizem em um breve balanço desde o nosso primeiro trabalho publicado?
Davi: só o fato de termos chegado a 1 ano quer dizer muito a meu ver. Nos dedicamos e fizemos o que tínhamos como meta desde o início, que foi escrever sobre coisas do mundo nerd que tanto curtimos.

Fernando: muitos baixos, e alguns altos. Gosto de pensar que independente do público ler/gostar/comentar, o artigo foi feito e as ideias e exposições foram feitas, mesmo assim quando tem baixos retornos, ou quando não se termina um artigo a tempo (history of my life), bate aquele desânimo. Em compensação quando a publicação é boa, sai na dia correto e o tem uma boa resposta, isso dá um ânimo novo.

Rafael: Infelizmente não temos tempo para nos dedicarmos tanto quanto gostaríamos, mas mesmo assim, estamos sempre postando, compartilhando e aprendendo. Apesar do pouco que fazemos, vemos que sempre tem quem nos acompanhe, o que nos dá animo para não desistir e tentar sempre melhorar.

Em algum momento pensaram em desistir? O que os manteve até hoje?
Davi: já pensei sim. Mas era passageiro. O desejo de expressar a minha opinião e a ajuda dos caras ou de amigos contribuíram bastante.

Fernando: Eu já desisti, mas os rapazes me dissuadiram a continuar, mesmo que com uma frequência menor de publicações, ainda vou melhorar o ritmo, mas prefiro fazer direito a fazer no prazo.

Rafael: Acredito que todos, em tudo quase tudo que faz, bate um desânimo no começo e a vontade de desistir. Mas apesar das adversidades, e de todo começo difícil, saber que há alguém acompanhando, dá vontade de escrever (se esses “alguéns” gostam ou não é outra história… risos).

Qual foi o artigo que vocês mais gostaram de escrever e o que menos gostaram?
Davi:
nunca tive um artigo do qual eu não tivesse gostado, por mais curto ou sucinto que ele tivesse sido. Todavia o que mais gostei foi o do desenho Avatar segundo a ideologia de J. Campbell e o do mangá Mär Heaven, que me ajudou bastante a fazer uma crítica ao que é o mundo dos mangás e animes.

Fernando: os meus primeiros artigos eram muito longos e talvez não tenham uma boa estrutura. Gostei de escrever sobre o Pacific Rim, pois me senti uma criança vendo o filme e acho que consegui passar isso, o do Ghost in The Shell também foi maneiro, principalmente por me ajudar a decidir que queria jogar RPG em um cenário Cyberpunk.
Rafael: Apesar de ser fã da seria Final Fantasy, e ter adorado escrever sobre eles (PS: ainda não terminei esse post, faltam os filmes e séries XD), acho que adorei falar sobre o Chrono Trigger. Ele junto com FF VI possuem uma ótima história que dá vontade de sempre rever.
Qual artigo dos outros vocês mais gostaram de ver?
Davi:
do Rafael os que eu mais gostei foram os básicos do Magic e as novas regras. E não que o Fernando não escreva bem (eu já disse a ele várias vezes para ele arriscar uma carreira de contista ou romancista), mas a contribuição dele no artigo sobre Star Trek e o dele mais recente sobre Ghost in the Shell foram muito legais pela capacidade argumentativa dele.
Fernando: o Rafa o artigo sobre Chrono Trigger e aquele sobre FF do VII ao IX. Ambos falam de jogos que marcaram nossa juventude. Do Davi, a resenha de O Caçador de Androides foi muito bacana (Cyberpunk rules!) e também do Avatar e do Campbell, mas se rever todos os artigos essa lista pode aumentar. A verdade é que cada artigo foi mais que uma contribuição e tem um valor enorme.

Rafael: Os últimos de meus amigos, digamos que fiquei na vontade de ler O Cavaleiro Fantasma e ver Círculo de Fogo, depois dos artigos (risos).
Quais artigos gostariam de escrever até 12/09/2014, quando o blog completa 2 anos?
Davi:
penso que seria legal se eu puder ler a tempo toda a minha coleção “As Sete Faces” e escrever sobre ela. A meu ver, ela é a coleção Vagalume que eu nunca tive (risos).

Fernando: espero escrever sobre todas as séries que estou assistindo e todas que QUERO assistir. Também espero falar mais sobre RPG, principalmente os mais recentes adquiridos por mim da Editora Retropunk: Espírito do Século e Savage Worlds.

Rafael: espero poder aumentar, em mente tenho ideia de falar sobre a segunda vida dos nerds, ou se preferirem, MMO.
Qual recado vocês querem deixar para os leitores?
Davi:
obrigado a todos(as) e espero que continuem nos acompanhando. Gostaria que mais pessoas comentassem sobre os nossos textos e pudéssemos interagir mais. Mas se não querem, eu respeito. A atenção de vocês já é um grande prêmio.

Fernando: não desistam de nós e bons sonhos!

Rafael: Foco, fé, força, e muito ovo frito (piada interna rsss). E um grande obrigado a quem nos acompanha, e se quiserem mandar criticas, sugestões ou reclamações, estamos aqui pra isso.

1 ano

E a tal surpresa, vocês podem conferir aqui.

Anúncios

Quem Somos

Rafael “Lionheart” N. S.

Um nerd otaku desde que se entende por gente. Gamer, Rpgista, escritor (amador), entre outras coisas…
Areas de influencia esta mais voltada para rpg, e card games (magic principalmente).
Se lembrar de mais alguma coisa relevante eu posto depois… Por hoje é isso pessoal…

Davi Paiva da Silva.

Nasci em 22/03/1987 (um dia depois do Ayrton Senna. O que me deixa muito feliz) em São Miguel Paulista, zona leste da cidade de São Paulo. Me mudei para o Itaim Paulista em 1992 e vivo aqui desde então.
Depois de concluir a escola sem problemas (salvo o bullying), fiz curso técnico do SENAI e hoje faço o curso de Letras na Unicsul. Quero ser professor e/ou escritor. Mas o que vier é lucro.
Me u contato com o mundo nerd foi precoce e precário. Li enciclopédias velhas da minha avó na infância ao mesmo tempo em que jogava um Super Nintendo na casa de um vizinho ou lia os gibis da DC e Marvel do meu tio. A minha adolescência foi nos fliperamas e comprando revistas da Superinteressante ao mesmo tempo em que montava minha própria coleção de HQs. Com o meu primeiro emprego, comecei uma coleção de livros que a cada dia cresce mais. Mas como não fiz cursos de informática, meus conhecimentos de tecnologia deixam a desejar. Pra não falar que o meu primeiro videogame foi um Playstation 1 aos 22 anos de idade (risos). Hoje não tenho tudo o que quis nem o que ainda quero. Mas me sinto bem satisfeito com o que leio, assisto, jogo, ouço e escrevo.
Contatos:
E-mail: davi_paiv@hotmail.com
Facebook: http://www.facebook.com/davi.paiva.14
Twitter (usado apenas para publicar microcontos todos os finais de semana): https://twitter.com/DaviTweetcontos
Página no site Recanto das Letras, onde publico meu livro: http://www.recantodasletras.com.br/autores/davipaiva

Fernando “oneiros_fe”

Atrasado mas não esquecido sou professor de história e nerd (entenda isso como quiser), pai de família e estou travando uma difícil jornada para comprar a casa própria. Sempre gostei de games, HQ, cinema, séries e RPG além de boa música (não aquilo que o pessoal anda ouvindo ultimamente) e considero essas características fundamentais para a minha formação de caráter.
Contatos pelo Facebook e pelo Twitter são: http://www.facebook.com/fernando.loiola.37
@fernando_loiola
Por hoje é só pessoal!!